Dias nublados

março 18, 2010 § 5 Comentários


Há dias que as palavras saltam e juntam-se umas às outras para encenar um balé entrecortado de poesia e inspiração; há outros que elas precisam ser arrancadas à força e jogadas no papel num árduo exercício de disciplina, quase militar. Nessas ocasiões, penso nos profissionais da escrita, nos que precisam compor seu texto a qualquer custo, mesmo que ele transpareça a sua secura e evidencie a obrigação profissional ao invés da relevância. Graças a Deus que não tenho a obrigação de dizer algo novo todo dia! Tenho a liberdade de repetir; de lançar mão do velho e encardido tema; de não ter que informar coisa alguma; e se me der na telha, escrever só pra mim.

Aprendi que nos dias em que preciso usar um tipo de fórceps linguístico para tentar comunicar algo, são dias que preciso ouvir. Eu não sei se há alguma base científica para isto, mas é como se o meu cérebro quisesse compensar a necessidade de ser sempre original com uma certa preguiça, só pra me fazer ficar quieto pra interiorizar a Suprema Palavra, a de Deus. Nessas ocasiões, leio mais e nunca deixo de ser surpreendido. Comparo esta atividade a de furar poços no deserto. Quando encontro água fresca logo depois das primeiras pás de areia, é uma alegria só; mas, por vezes cavo o dia inteiro só para encontrar a porção da sobrevivência.

Se estiver vivendo um dia desses: sem inspiração, sem ânimo, sem vontade de fazer nada… Então é dia pra ouvir e não pra falar; é dia de escolher com mais critério o que se vai ler; é dia para aprender e não para ensinar; é dia de desacelerar e repousar.

Com amor e carinho,

Pr. Weber

Anúncios

Marcado:, , ,

§ 5 Respostas para Dias nublados

  • Pedro Lima disse:

    É verdade e o que dizer dos dias chuvosos? Os ensolarados nós amamos não é verdade, mas os nublados ou chuvosos temos dificuldades para enfrentar.
    Amo ler suas publicações, estou sempre visitando este cantinho muito especial pra mim.
    Um beijo no seu coração.

  • weberchagas disse:

    Obrigado por sua gentileza e carinho.

    Sempre ao seu alcance,

    Pr. Weber

  • Wander disse:

    Pastor, que belo texto!
    Tem dias que a vida é mesmo um cavar de poços… creio que há situações que o Senhor faz que a água brote, pois nao temos forças nem para segurar a pá.

    Um grande abraço

    Wander

  • Helenita disse:

    Que texto maravilhoso e cheio de sabedoria. Quanta vedade expressada nessas palavras Pr Weber.
    Que Deus continue inspirando-o a escrever textos como esses.

    • weberchagas disse:

      Querida Helenita!

      Obrigado por seu generoso comentário.
      Escrevi este artigo por entender que dias nublados não precisam ser deprimentes. Há muita tristeza desnecessária; muita amargura despropositada; muita resistência à alegria! Que Deus também a ensine a enfrentar os seus dias nublados.
      Respeitosamente
      Pr. Weber

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento Dias nublados no Pastoreando com o coração.

Meta

%d blogueiros gostam disto: